Meio Ambiente

07/07/2014 (13h07) - Atualizada em 07/07/2014 (13h07)

Estudantes de Turismo fazem levantamento técnico de parques ambientais de Teresina


A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), assinou Convênio de Estágio com a Universidade Estadual do Piauí (UESPI) com o intuito de contribuir no processo de aprimoramento turístico dos alunos do curso de Turismo.



O estágio supervisionado, que é obrigatório para quem está em fase de conclusão do curso, teve a sua primeira etapa cumprida pelos alunos Karen Thaynar do Carmo, Leandro Leal Macedo e Eide Lopes Pinto, do sétimo período, com carga horária de 180 horas/aula. A segunda etapa, no oitavo período, prevê mais 180 horas/aula.



Os alunos da UESPI foram orientados pela SEMDEC, para fazerem levantamento técnico dos principais parques ambientais de Teresina, tendo sido selecionados o Parque Ambiental Encontro dos Rios, o Parque Ambiental Lagoas do Norte, o Jardim Botânico de Teresina, o Parque Potycabana e o Parque da Cidade.



O trabalho teve como objetivos uma análise da infraestrutura física e organizacional dos parques, a identificação de suas potencialidades turísticas e o estabelecimento de alternativas para o desenvolvimento da atividade turística, com foco em visitações aos referidos parques. O cronograma de execução desta primeira etapa se iniciou no último dia 16 de abril e foi concluído no dia 20 de junho. O relatório da primeira etapa foi entregue ao secretário da SEMDEC, Fábio Nery, no último dia 4 de julho.



"A SEMDEC repassará cópias desse relatório às secretarias municipais de Planejamento e Meio Ambiente para que tomem conhecimento do trabalho realizado, e também ao prefeito de Teresina", disse o secretário da SEMDEC, Fábio Nery. "Estamos investindo na melhoria da infraestrutura receptiva de Teresina porque acreditamos que toda cidade precisa receber bem os seus visitantes", acrescentou.



Os alunos estarão realizando a segunda etapa do trabalho neste segundo semestre de 2014, quando farão um diagnóstico da situação dos parques e definirão as proposições de ações para melhoria interna e adaptação para visitação turística. Essa segunda etapa deverá encerrar até novembro próximo.



Fonte: Ascom