Agricultura Familiar

26/07/2016 (09h07) - Atualizada em 26/07/2016 (09h07)

Feira da Agricultura Familiar movimenta negócios em União


O secretário Francisco Limma visitou a 7° Feira da Agricultura Familar e Reforma Agrária  em União e participou da Solenidade de abertura do evento, que aconteceu  no domingo (24), na sede do STTR do município. O evento contou com a participação de outras autoridades, agricultores e a gricultoras da região, representantes de Sindicatos, Associações e outras entidades como Incra, Fetag e Emater.



O mototaxista João Silva saiu de Teresina especialmente para participar da feira. "É a terceira vez que venho à Feira e, desta vez, além da minha esposa, trouxe um vizinho para conhecer. Tudo aqui é mais barato e as frutas e verduras mais frescas, sem agrotóxico. Bom para saúde", declarou.



Quem foi ao município no primeiro dia do evento também pôde participar da programação cultural com grupos da região e da escolha da garota Sabores e Saberes da Agricultura Familiar.



O superintendente da Agricultura Familira, Adalberto Pereira, disse que a feira é importante por diversos aspectos, entre eles, a oportunidades que os agricultores tem de expor seus produtos. "Os participantes valorizam esta iniciativa do Governo do Estado e têm a satisfação das barracas lotadas. Aqui em União há uma experiencia que, além da feira concentrada na cidade, eles realizam feiras nos assentamentos, uma experiência positiva", informou.



A programação seguiu durante a segunda-feira (25), com  rodas de conversa sobre comercialização e economia solidária na perspectiva territorial e assinatura de contratos e projetos plo BNB e Conab, além de ralização de um bingo.



A agricultora Maria das Dores disse que, além de vender frutas, também vende bolos, e assim aumenta o lucro da família a exemplo de outros agricultores e agricultoras que vendem artesanatos e outros produtos no evento.



Francisco Limma parabenizou a iniciativa do STTR de União pela organização das feiras, em nome do presidente Laurentino Cruz. "O faturamento das sete feiras organizadas no Território Entre Rios movimenta cerca de 70 mil reais, o que prova que a Agricultura Familiar não é só de subsistência", destacou. O secretário falou ainda do apoio do Estado, cooperativas e outros orgãos. "O Governo do Estado por meio de órgãos como a Sasc, Seduc e Seplan, é parceiros com ações do Economia Solidária, Educação no Campo, Programa Viva Semiárido e em rojetos e ações desenvolvidos pela SDR, o que demonstra que acreditamos na Agricultura Familiar", destacou.



O secretário falou ainda da liberação de recursos na ordem de  R$ 200 mil para o Compra Direta ainda este ano e anunciou que também já foi adquirido pela SDR um trator com implementos, que será doado nos próximos dias para o STTR de União, reforçando o interesse do governo em relação ao desenvolvimento da Agricultura Familiar e aos que mais precisam de incentivo.



Fonte: CCom