Agricultura Familiar

24/04/2013 (16h04) - Atualizada em 08/05/2013 (09h05)

Investimentos para Emater-PI


“A nova lei de assistência técnica e extensão rural é para garantir as conquistas alcançadas nos últimos sete anos”. A frase é do diretor geral do Emater, Francisco Guedes, durante a solenidade de abertura do 5º Congresso Estadual de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Estado do Piauí, ocorrida no Centro de Convenções Atlantic City World, na terça-feira (2).



O evento aconteceu com a presença do governador Wellington Dias e diversas autoridades, como o presidente da Fetag, Evandro Luz, secretário estadual de Educação, Antônio José Medeiros, secretário estadual de Saúde, Assis Carvalho, entre outros.



A ocasião teve significado importante para os que fazem o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Piauí – Emater, já que o governador Wellington Dias autorizou convênio entre o Instituto e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Piauí - Fetag, no valor R$ 150 mil, para conclusão do Centro de Treinamento da Fetag-PI.



Dias autorizou, ainda, a abertura de processo licitatório - a ser realizado pelo Emater-PI, referente a mais de R$ 8 milhões que serão utilizados para equipar os escritórios do Emater. Serão adquiridos 117 automóveis e 10 pick-ups, além de equipamentos de informática, mesas, cadeiras, máquina digital, colchões e material de apoio para equipar os escritórios do Emater em todos os municípios piauienses.



Parcerias rumo ao desenvolvimento



Em seu discurso, Guedes lembrou a importância das parcerias – nos âmbitos estadual e federal - e que a melhoria do fortalecimento da agricultura familiar passou por uma modernização e fortalecimento. “Graças a estas parcerias ampliamos em mais de R$ 100 milhões os recursos da extensão rural no Brasil”, explica o diretor geral do Emater, ressaltando que no Piauí, em nível de recursos, o avanço foi de R$ 1 milhão para R$ 49 milhões, ou seja, um aumento considerável que será refletido na melhoria da estrutura do Emater. "Isso é reflexo do reconhecimento do governo ao trabalho conjunto”, comenta.



Na extensão rural, o Emater-PI tem ampliado o trabalho em benefício do meio rural e, segundo Francisco Guedes, isso ocorre graças ao somatório de forças que foi alcançado. Ele lembra que a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura - Contag e a Fetag entram nesse contexto de parceria e desenvolvimento das políticas públicas para ampliar os recursos da extensão rural.



“Para nós da Fetag, é uma parceria muito importante. Vamos ter mais estrutura nos escritórios do Emater nos municípios e poder assistir melhor aos agricultores de todo o Estado”, lembra o presidente da Fetag, Evandro Luz, referindo-se ao convênio ora autorizado pelo governador. “Só temos a ganhar com esse convênio”, diz.



Guedes lembrou que o desenvolvimento da agricultura familiar no Piauí se deve, em grande parte, às políticas públicas e citou, como exemplo, o Garantia Safra - que é uma das políticas públicas que beneficiam diretamente o agricultor familiar. “Graças às políticas públicas e ao Garantia Safra não existem mais flagelados da seca como no passado”, lembra Guedes, reforçando que na última safra, através do Pronaf e do trabalho da extensão rural, foram beneficiados mais de 105 mil agricultores familiares".



Fonte: CCom