Agropiauí

01/12/2017 (10h12) - Atualizada em 01/12/2017 (10h12)

Coordenadoria de Piscicultura entrega tanques rede em Parnaíba


Apesar da falta de estrutura da Coordenadoria de Apoio à Piscicultura do Piauí, projetos estão sendo desenvolvidos pela pasta para beneficiar famílias e associações de piscicultores interessados em desenvolver a atividade. Nesta sexta feira (01) , as 16 horas da tarde, o coordenador de piscicultura Stanley Freire estará em Parnaíba entregando kits para piscicultura de tanques rede em um trabalho que será desenvolvido em mais dez cidades do estado.



"Desta vez, o trabalho se concentra na região de Parnaíba, mas vai beneficiar também Nazaré do Piauí, Jerumenha, Floriano, Guadalupe, Uruçuí, São João do Piauí, Landri Sales, Campo Maior e Piracuruca, com uma alternativa rentável para fomentar a geração de emprego e desenvolver a economia. Estou falando da piscicultura em tanques rede que vai abranger um público de 250 famílias, totalizando assim cerca de mil pessoas sendo atendidas diretamente pelo projeto.", ressalta o coordenador de Piscicultura, Stanley Freire.



O projeto destina -se à distribuição de 1.250 tanques rede para produção de peixes e as expectativas são as melhores possíveis: cada tanque rede tem capacidade para produzir 480 quilos de peixes, com uma produção considerável que só deve crescer ao longo do tempo. Assim, serão gerados centenas de empregos, aumentando a renda dos trabalhadores e fornecendo um alimento rico em proteínas que é o peixe.



"As famílias de Piscicultores serão contempladas ainda com curso de capacitação na aérea da piscicultura em tanques rede,  tanto teórica quanto na prática, recebendo assim informações também sobre questões ambientais e sociais através de cartilhas que serão entregues no decorrer no curso pelos técnicos.", complementa Stanley.



Além dos tanques entregues em Lagoa da Prata, na região litorânea, estão sendo entregues nesta sexta também pôitas para fundear, balanças, puças, contentores plásticos, caixas térmicas, cordas, caiaque, coletes, freezers e bolsões de alevinagem, além de ração e 8 mil alevinos de tilápia pra começar ( mas no decorrer do projeto serão entregues gradativamente mais alevinos e mais ração.



Fonte: Ascom