Agropiauí

06/02/2018 (09h02) - Atualizada em 06/02/2018 (09h02)

Regionais de Oeiras e Valença recebem sementes e mudas nesta terça-feira (6)


A Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) realiza, nesta terça-feira (6), a entrega destes produtos nas cidades de Oeiras (9h) e Valença (14h), nos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) das respectivas cidades, com a presença do secretário da SDR, Francisco Limma. A iniciativa faz parte do programa estadual de distribuição de sementes e mudas, nos 224 municípios do Piauí.



Os 11 municípios da regional de Oeiras serão contemplados com cinco toneladas de sementes e milho e mais de oito toneladas de sementes de feijão. Como incentivo à atividade da cajucultura, a SDR vai entregar também 43 mil mudas de caju, além de 60 mil raquetes de palma forrageira, bastante utilizada na alimentação de ovinos e caprinos em períodos de estiagem. Ao todo, serão aplicados recursos na ordem de R$ 240 mil para fomentar o desenvolvimento da agricultura familiar no Piauí.



Já a região de Valença, composta por 15 municípios, será beneficiada com um investimento de, aproximadamente, R$ 400 mil para aquisição de cinco toneladas de semente de milho, outras 12 toneladas de semente de feijão. O estado também vai reforçar o setor da cajucultura nesta área doando 80 mil mudas de caju e ainda 60 mil raquetes de palma forrageira.



De acordo com o diretor de agricultura familiar da SDR, Antônio José Pereira Ferreira, a estratégia de governo é fortalecer a agricultura familiar oferecendo produtos de boa qualidade. “A SDR vem proporcionar a estes produtores uma semente de qualidade para garantir uma boa safra. Outro ponto a ser enfatizado é a cajucultura nas regiões de Oeiras e Valença, que têm um grande potencial nesta atividade. Com esta ação, estamos atendendo cerca de 5 mil famílias nas duas regionais”, enfatizou Antônio José Pereira Ferreira.



Vale ressaltar que a ação tem como público prioritário agricultores (as) familiares, beneficiários do Garantia Safra, além de beneficiários de programas sociais, produtivos e educativos executados no campo e em assentamentos da reforma agrária.



Fonte: Ascom